Melhorando o desempenho do Windows

Apesar do Windows ser leve, podemos desabilitar alguns recursos para que rode da forma mais fluída possível e de acordo com nossas necessidades.

Este post foi escrito especialmente para computadores antigos, que possuem um desempenho muito baixo com o Windows 7 instalado.

Desabilitando Efeitos visuais desnecessários e aumentando a Memória virtual

A aparência do Windows 7, apesar de simples (tema Basic, sem transparência), é atraente e realmente leve. Mas podemos diminuir alguns efeitos para rodarmos o Windows da forma mais leve possível.

Pressione as teclas Windows + Pause Break (ou dê botão direito em “Meu computador” e selecione Propriedades). Na barra lateral esquerda, clique em Configurações avançadas do sistema. Na aba Avançado, em Desempenho, clique em Configurações…

Recomendo deixar habilitado apenas:

  • Usar fonte de tela com cantos arredondados (utiliza fontes CleanType para remover o cerrilhado das fontes. Somente é recomendado desmarcar esta opção em monitores CRT, nos quais a imagem pode tornar-se embaçada),
  • Mostrar miniaturas em vez de ícones (ao exibir uma pasta de imagens, exibe thumbnail das mesmas no lugar do ícone genérico do Visualizador de Imagens do Windows, facilitando a identificação)
  • Usar tarefas comuns em pasta (caso elas sejam importantes para você),

Caso o Visual do Windows seja importante, você pode deixar habilitado:

  • Mostrar conteúdo da janela ao arrastar,
  • Mostrar sombras sob o ponteiro do Mouse,
  • Mostrar sombras sob janelas (somente é útil se você utiliza o tema Aero, já que o tema Basic não possuí sombra sob janelas)
  • Usar Estilos visuais em janelas e botões (Apenas se o visual do Windows 7 é importante para você. Recomendo desabilitá-la, assim obterá o visual do Windows Server 2008 R2!).
  • Usar sombras subjacentes para rótulos de ícones na Área de trabalho (necessário apenas se você usa um papel de parede! Se você não usa, não sentirá falta),

Desabilitando efeitos visuais no Windows XP (voltando ao tema clássico)

Ao lado da aba Efeitos visuais, entre na aba Avançado. Em Memória Virtual, clique em Alterar e selecione Tamanho personalizado. Use o tamanho Recomendável tanto no valor inicial quanto no valor final. Ter uma memória virtual com tamanho fixo diminui a fragmentação do arquivo de paginação no disco rígido, o que aumenta a performance do sistema como um todo.

Memória Virtual no Windows XP

Removendo programas da iniciação

O Windows permite que os programas instalados possam iniciar quando o computador inicia. Isso é bom no caso do Antivírus, no qual é preciso estar rodando todo o tempo.

Mas há programas que não são críticos e que são iniciados com o computador no qual apenas tomam espaço. Não usamos ele toda a vez que usamos o computador, então é seguro removê-los da iniciação e abri-los apenas quando necessário.

Para isso, abra o Menu iniciar > Executar… e digite msconfig e pressione <ENTER>.

Entre na aba Iniciação de programas e remova todos os programas desnecessários. Recomendo deixar apenas o Antivírus ou Skype (se o usa sempre).

a1

Desabilitando Serviços desnecessários

Serviços são processos que rodam em segundo plano e que dão suporte a funções do Windows que precisam estar ativas o tempo todo para funcionar. Por exemplo: Para o Autoplay funcionar, é necessário que o serviço Detecção de Hardware do Shell esteja rodando. Ele verifica as portas USB e o drive de CD/DVD o tempo todo e, caso uma mídia seja inserida, mostra funções que podem ser executadas com ela.

Desabilitando serviços diminuímos a sobrecarga do processador e o uso da memória RAM, o que melhora a performance.

Para gerenciarmos os serviços em segundo plano precisamos utilizar o Gerenciador de Serviços do Windows. Para abri-lo entre no Menu iniciar, procure por services.msc e pressione <ENTER>.

image3

Para desabilitar um serviço, dê duplo-clique nele e, em “Tipo de inicialização“, selecione Manual ou Desabilitado, clique em Parar e clique em OK para fechar a janela.

disable-service3

É seguro desabilitar ou modificar para o estado manual os seguintes serviços:

Adobe Flash Player Update Service e Adobe Acrobat Update Service: Serviço instalado junto ao Adobe Flash Player/Adobe Reader que verificam por atualizações do programa em segundo-plano, exibindo uma mensagem de notificação próxima ao relógio quando encontra pedindo ao usuário para instalar a atualização.

Auxiliar NetBIOS TCP/IP: Necessário para acessar outros computadores na rede e para ingressar em um domínio. Ele dá “nome” para cada computador na rede. Se você não está conectado a uma rede corporativa ou não pretende acessar outros computadores na rede (ou possui apenas este computador em casa), este serviço pode ser desabilitado.

Após desabilitá-lo, precisamos remover seu suporte na placa de rede do computador (se você tiver mais de uma, precisa repetir o processo em todas). Para isso, clique no ícone de rede próximo ao relógio e selecione Central de Rede e Compartilhamento.

14

No canto esquerdo da tela, clique em Alterar as configurações do adaptador e dê duplo-clique no adaptador de rede (será necessário repetir este procedimento em todos os adaptadores de rede caso você possua mais de um).

Na lista, procure por Protocolo TCP/IP versão 4 e dê duplo-clique. Na nova janela que se abrir, clique no botão Avançado. Após isso, entre na aba WINS e selecione a opção Desativar NetBios sobre TCP/IP.

Desabilitando suporte ao NetBios no Windows

Provedor do Grupo Doméstico e Servidor: Caso tenha desabilitado o Auxiliar NetBIOS TCP/IP, é seguro desabilitar este serviço. Ele permite o compartilhamento de pastas na rede local.

Central de Segurança: Controla a Central de Segurança do Windows e verifica se o computador possui uma solução de Antivírus instalada e se o Firewall está ativo.

Configuração automática de WLAN: Obtém dados da rede sem-fio. Se você conectou seu computador por cabo ou por modem, desabilite este serviço.

Detecção do Hardware do Shell: Necessário para que o AutoPlay funcione. Desabilitando este serviço, não aparecerá mais a janela perguntando o que você gostaria de fazer quando um pen drive ou CD/DVD é inserido no computador. Pode ser desabilitado, mas é um recurso interessante, principalmente para quem está começando a mexer no computador, por que reuni todas as operações que a pessoa possa querer executar (como ver ou copiar fotos).

autoplay

 

Microsoft .NET Framework NGEN: Mantém na memória programas desenvolvidos em .NET para acelerar sua inicialização (funcionalidade similar ao Java Quick Starter). Em computadores com pouca memória RAM, é seguro (e recomendado!) desabilitar este serviço. O funcionamento de aplicativos .NET não é prejudicado (os aplicativos .NET somente demorarão um pouquinho mais para abrir).

Serviço Auxiliar de Compatibilidade de Programas: Serviço que monitora programas executados em segundo-plano e, em caso de travamento, oferece ao usuário a opção de procurar on-line para tentar encontrar uma solução para o problema.

windows-compatibilidade-programa-bloqueado

Mensagem exibida pelo serviço quando o programa possuí problemas de compatibilidade conhecidos

84261ab8-6f6a-4b4e-902b-ff87d3ae7cd3_0

Mensagem exibida pelo serviço quando um programa fecha sem informar ao Windows

São poucos os casos que este serviço é, realmente, útil (primeira imagem). No caso do GTA San Andreas, por exemplo, a Rockstar disponibilizou um patch de correção para problemas de compatibilidade do jogo com o Windows 7. Outro jogo que possuí problemas de compatibilidade conhecidos com o Windows 7 é o The Sims 2, que requer a instalação de um patch da EA Games para que expansões possam ser adicionadas ao jogo.

Hoje em dia, poucos aplicativos são, de fato, incompatíveis com o Windows 7. Este serviço teve sua estréia no Windows Vista, quando muitos programas ainda eram incompatíveis com o sistema. Quando a fabricante do programa não disponibiliza uma solução para o problema, ele oferece ao usuário a possibilidade de executar o programa em Modo de compatibilidade (segunda imagem) com versões anteriores do Windows.

Caso você saiba solucionar problemas de compatibilidade sozinho (ou procurar na internet por eles), é seguro desabilitar este serviço.

Serviço de Diretiva de Diagnóstico: É a “Solução de problemas” do Windows. Por exemplo: Quando você utiliza a opção “Solucionar problemas” (botão direito no ícone de rede, próximo ao relógio), este serviço é o responsável por realizar testes na conexão de internet e oferecer possíveis soluções para o problema. (Ele não se aplica somente a internet, mas a outros serviços do Windows, como a Solução de problemas quando um programa trava). Você não precisa desabilitar este recurso, mas é possível defini-lo para iniciar Manualmente de forma a economizar recursos do computador (assim, ele somente será executado quando, de fato, houver algum problema para ser solucionado, somente levará um pouquinho mais para iniciar o diagnóstico por que precisará inicializar o serviço primeiro).

Temas: Caso esteja usando o Tema clássico do Windows, este serviço pode ser desabilitado.

Windows Defender: Em computadores com pouco recurso, desabilitar o Windows Defender ajuda a melhorar a performance por desabilitar a verificação de spywares em segundo plano, o que aumenta o uso de disco rígido e processador. Além disso, o Windows Defender é um programa com uma taxa de detecção de spywares muito baixa. Desabilitá-lo, na prática, fará pouca diferença em relação a segurança.

Windows Search: Verifica em tempo real todos os arquivos que são adicionados ao computador e o adiciona a um índice. Quando buscamos por arquivos no computador, ele procura neste índice, mostrando o resultado quase que instantaneamente. Por usar muito do disco rígido e memória, desabilite este serviço. As buscas serão mais lentas, mas o disco rígido e a memória RAM agradecem.

Melhorando a performance do Menu Iniciar

Após passarmos o mouse sobre um item no Menu iniciar, o Windows espera cerca de 0.4 segundos para mostrar o item. Podemos diminuir este tempo para 0 e o item aparece instantaneamente. Pode parecer pouco tempo, mas estes 400 milésimos dão sensação de lentidão.

Abra o Menu iniciar, selecione Executar… e na nova janela que abrir digite Regedit e pressione <ENTER>.

Abrindo o RegeditAbrirá o Editor de Registro. O Registro é responsável por guardar todas as configurações de programas e do Windows que mudamos pela Interface gráfica. Mas nem todas as opções estão disponíveis no modo gráfico, então precisamos editar por ele.

Use a barra esquerda e entre na Subchave:

  • HKEY_CURRENT_USER
    • Control Panel
      • Desktop

Procure pelo valor MenuShowDelay, dê dois cliques nele e mude o valor de 400 para 0.

Diminuindo o tempo que os menus aparecem no Menu iniciar

Diminuindo o tempo de Desligamento do Windows

Podemos diminuir o tempo de desligamento do Windows pelo Editor de registro forçando a todos os processos fecharem em apenas 1 segundo (por padrão, o Windows espera 20 segundos).

Diminuindo o tempo, precisamos estar atentos para, por exemplo, salvarmos um documento no Word! Se mandarmos desligar o Windows com um documento não-salvo, ele pode ser perdido, por que a mensagem para salvar aparecerá mas sumirá após 1 segundo.

Para forçarmos o fechamento, abra o Menu iniciar > Executar… e digite regedit na caixa e pressione <ENTER>.

Abrindo o RegeditCom o Editor de Registro aberto, navegue até a chave:

  • HKEY_CURRENT_USER
    • Control Panel
      • Desktop

 Nela, procure pelos valores abaixo e mudo-as para:

AutoEndTasks: 1

HungAppTimeout: 1000

WaitToKillAppTimeout: 1000

regedit-windows-73

Com isso, todos os processos serão forçados a desligar (AutoEndTasks) e o Windows esperará apenas 1 segundo para fechar o processo de forma forçada caso ele se negou a encerrar.

Após isso, precisamos mudar o valor de WaitToKillAppTimeout para 1000 (1 segundo) nas Subchaves:

  • HKEY_LOCAL_MACHINE
    • SYSTEM
      • ControlSet001
      • ControlSet003
      • CurrentControlSet

regedit-windows-77

Atualizar o DirectX e drivers

O DirectX é responsável por processar áudio e vídeo no Windows. Mantendo ele atualizado, você se certifica que os jogos e programas de edição de imagem e vídeo funcionarão na melhor performance possível.

Mesmo que você não use programas de edição ou jogos, até mesmo para ver vídeos ou DVDs no computador precisamos do DirectX.

Você pode obter o instalador do DirectX em: http://www.microsoft.com/pt-br/download/details.aspx?id=35

Recomendo você executar o instalador a cada 6 meses. O DirectX vive recebendo atualizações que não são distribuídas no Windows Update, por isso, precisamos instalá-las manualmente.

Outro modo de melhorar o desempenho é atualizando os drivers, principalmente os de vídeo e Controlador IDE. Para atualizar drivers, recomendo a leitura do post Instalando/Atualizando drivers no Windows.

Removendo programas desnecessários

Remover programas é importante. Mantendo apenas os programas que você usa, você diminui a sobrecarga no processador e memória com programas desnecessários (isso ocorre por que alguns programas continuam executando em segundo plano).

Para desinstalar programas, entre no Menu iniciar > Painel de Controle > Adicionar/Remover Programas.

Removendo Ask do NavegadorCaso seu computador seja compartilhado, recomendo você estar ao lado da pessoa que usa o computador com você e vocês dois analisem o que pode ficar e o que pode remover.

Realizando a Limpeza de Disco

Á medida que utilizamos o computador, ele acumula uma série de arquivos temporários utilizados pelo Windows e outros programas (como páginas que visitamos na internet). No caso de páginas na internet, ao visitarmos um site, dados como imagens e textos são salvos temporariamente no nosso computador. Quando acessamos aquele site novamente, grande parte dele já estará salvo em nosso computador e não terá que ser baixado novamente, o que acelera a velocidade de navegação.

O problema começa quando o computador começa a ter um número muito grande de arquivos temporários, o que causa a fragmentação de disco (os arquivos são salvos em setores no nosso HD, e a fragmentação ocorre quando um arquivo é salvo em setores muito separados um dos outros, o que acaba aumentando o tempo de resposta do HD ao ler um arquivo. Comentei em detalhes sobre isso em outro post).

O Windows acompanha um utilitário muito útil para esta tarefa chamado Limpeza de Disco. Com ela, podemos remover facilmente arquivos temporários de nosso computador sem termos de mexer na temida pasta %temp% do nosso computador.

Você pode encontrá-la no Menu iniciar > Acessórios > Ferramentas do Sistema > Limpeza de Disco.

É recomendado executar o programa dando botão direito > Executar como administrador para que arquivos temporários do sistema (e não somente do usuário) sejam listados para remoção. Para isso, dê botão direito em Limpeza de Disco e clique em Propriedades. Na aba Atalho, clique no botão Avançado… e selecione a caixa Executar como administrador. Com isso, a Limpeza de Disco sempre será executada com privilégios administrativos por padrão.

executar-como-administrador-windows-[1]

É seguro marcar todas as caixas de combinação exibidas (como Lixeira, Arquivos temporários, etc) já que todos os arquivos exibidos pelo programa não são essenciais para o bom funcionamento do Windows.

limpeza-de-disco-windows-74

Antes de clicar no botão OK, clique na aba Mais opções e, em Restauração do sistema e Cópias de Sombra, clique no botão Limpar. Com isso, o Windows exclui pontos de restauração antigos (mantendo apenas o mais atual).

Clique em Mais opções para utilizar as ferramentas extras da Limpeza de Disco_thumb[1]

Melhorando o desempenho do Internet Explorer

ACESSO A INTERNET COM O INTERNET EXPLORER. É impossível! Trava toda hora, mostra tela do Relatório de Erros e fecha sem motivo aparente e todo site que você acessa diz que você precisa atualizar o navegador! Mas podemos melhorar um pouco as coisas!

No Internet Explorer, pressione a tecla <ALT> e entre no menu Ferramentas > Opções da Internet. Na aba Avançadas, desmarque as caixas:

  • Usar transição de página: Torna a troca de páginas mais suave.
  • Usar ClearType para HTML: Torna a letra das páginas com cantos arredondados em monitores LCD, mas usa recursos da placa de vídeo. Em computadores antigos ou com monitor CRT (de tubo), o melhor é desabilitar este recurso. Em monitores CRT, as letras podem ficar embaçadas com este recurso habilitado.
  • Usar barra de rolagem suave: Desabilitando ela, a melhora na performance é visível em computadores com pouca memória. Recomendo desabilitar por ser um recurso supérfluo.

ScreenShot004


 

  1. Network Monitor Driver – MSDN – http://msdn.microsoft.com/en-us/library/aa939472(v=winembedded.5).aspx
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s