Migrando do Windows Mail para eM Client

Introdução

Alguns anos atrás, documentei aqui no blog sobre como configurar o Windows Mail do Windows Vista (não o Windows Live Mail). Alguns anos se passaram e, apesar do Windows Mail continuar funcionando razoavelmente bem e possuir uma interface similar ao Outlook Express (na qual meu pai estava acostumado a usar), meu pai adquiriu seu primeiro smartphone com Android este ano e gostaria de sincronizar seus Contatos de e-mail com o celular, ao mesmo tempo procurava uma forma de enviar notificações ao smartphone da minha mãe e ao dele em relação a agenda (eventos, cursos, etc).

No tempo do Windows Mail, tais tecnologias não existiam. O conceito de “nuvem” ainda estava sendo forjado e, apesar da simplicidade do Windows Mail, ela estava tornando-se sinônimo de limitações. Afinal, ele foi descontinuado pela Microsoft à partir do Windows 7, assim como a suite Windows Live (com o lançamento do Windows 8). A verdade é que está na hora de encontrarmos um novo cliente de e-mail que satisfaça as necessidades da nossa família.

Inicialmente, testei o Mozilla Thunderbird. Apesar de gratuito, ele não vêm recebendo grandes novidades da Mozilla desde a versão 31, quando recebeu uma nova interface. A integração com os Contatos da Google pode ser obtida através de um Plug-in (gContactsSync), porém a sincronização ocorre somente de forma manual e, ao fechar o Thunderbird, a sincronização deixou de funcionar (funcionou somente uma vez), provavelmente devido ao plug-in não ter sido atualizado para o novo método de autenticação da Google. Além disso, meu pai odiou o Thunderbird, que apesar de possuir recursos avançados, possuí uma interface pouco intuitiva.

Antes da suíte Windows Live ser descontinuada, testamos o Windows Live Mail, que possuí uma interface próxima ao Outlook. Novamente, nossa escolha trouxe resistência por parte do meu pai, que não havia se acostumado com a interface do Outlook também, ao mesmo tempo que a sincronização com contatos do GMail é inexistente e, recentemente, a Microsoft anunciou que descontinuaria o suporte ao Hotmail (hoje Outlook.com) no Windows Live Mail, assim como encerraria o suporte do programa em si.

Apesar de inconformados, continuamos por um bom tempo utilizando o Windows Mail do Windows Vista. Apesar de não ter todos os recursos que desejávamos, ele funcionava bem. Recentemente, adquiri um notebook com Windows 7 e, assim como meu pai, não sou fã da interface Web dos provedores de e-mails. Apesar do progresso, o número de opções são limitadas, assim como a criação de Regras de e-mail (recentemente, a interface Web do Zimbra vinha me surpreendendo e me agradando bastante).

Além disso, estava cansado de “remendar” um programa descontinuado há anos, sabendo que qualquer problema que tivesse em relação a ele, eu mesmo teria de resolver – e, sem suporte, as coisas tornam-se muito mais difíceis.

eM Client

Em um dos fóruns do Windows 8 que comentavam sobre a instalação de um cliente de e-mail nesta versão do Windows, um usuário recomendou um cliente de e-mail chamado eM Client. No início não coloquei muita fé, afinal, nunca havia ouvido falar deste cliente de e-mail. Porém, ao entrar na página do produto, me apaixonei pela página bem elaborada, moderna, com um resumo de todos os recursos do eM Client, recursos que me surpreenderam, como:

  • Interface totalmente em Português do Brasil.
  • Sincronização de contatos/calendário/e-mails com o GMail e Outlook.com (Hotmail).
  • Sincronização de contatos/calendário DAV (para outros provedores de e-mail).
  • Possuí interface customizável através de Temas. Para aqueles que trabalham com muitas Pastas ou contas, recomendo o uso do Tema Clássico do eM Client devido a ele exibir as barras verticais de rolagem por padrão (fica mais fácil navegar entre as pastas e Caixas de entradas das contas de e-mail).
  • Possuí recurso de identificação de duplicadas de E-mails, Contatos, Tarefas e eventos no Calendário. Em relação a Contatos, a identificação ocorre somente quando são idênticos, diferente da interface web do Google Contatos que permite, por exemplo, mesclar contatos que possuem informações idênticas (como mesmo e-mail, ou número de telefone). Além disso, a identificação de duplicadas quando você possuí um grande número de contatos (+16.000) no eM Client é demoradíssima, além de não exibir o progresso durante a busca. Para e-mails, porém, a identificação de duplicatas é excelente e muito rápida.
  • Possuí recurso de tradução automática de mensagens (através do Bing).
  • Na barra lateral direita, é possível encontrar facilmente e-mails e anexos trocados anteriormente com o remetente da mensagem ao clicar em uma mensagem de e-mail (para quem trabalha com um número grande de e-mails, esta função de Histórico ajuda muito!).
  • Possuí suporte a auto-completar de e-mails ao compor um novo e-mail (um recurso simples, existente na maioria dos clientes de e-mail, mas inexistente no Windows Mail).
  • Possuí configuração de Backup automático direto no aplicativo, podendo configurar diretório, frequência, horário do backup e quantas cópias manter. Recurso interessantíssimo para todos aqueles que possuem uma mídia de backup externa e possuem medo de perder seus e-mails e contatos!
  • Possuí botões de ação rápida ao receber notificações de novas mensagens (é possível responder, marcar como importante e excluir a mensagem).
  • E, o melhor de tudo: Gratuito para até duas contas de e-mail!

É incrível como funcionalidades simples (como a sincronização de contatos com o GMail/Google Contatos) nunca foi um conceito desenvolvido por todos os outros clientes de e-mail ou, se foram, possuíam pouca visibilidade. A possibilidade de sincronizar seus contatos e calendários no eM Client é algo completamente intuitivo: ao digitar o e-mail, ele identifica que ele pertence ao GMail e automaticamente realiza todas as configurações, incluindo configuração de e-mail, calendário e contatos (o Thunderbird possuí uma funcionalidade parecida, porém, ainda peca por não suportar sincronização de contatos). Como possuía um e-mail com a interface web do Zimbra, tive de configurar o Calendário/Contatos manualmente, porém, funcionou normalmente!

Apesar da interface lembrar um pouco a do Outlook do Office, ele amou a interface e as funcionalidades do eM Client (a interface é bem mais leve visualmente que a do Outlook, assim como possuí um número maior de funcionalidades e recursos).

Migrando Contas do Windows Mail

Bom, até aqui, tudo um mar de rosas, certo? Mais ou menos. Mas não devido ao eM Client, mas ao Windows Mail. O primeiro problema que tive por causa do Windows Mail foi devido ao fato dele não ter sido detectado pelo Assistente de migração do eM Client. Sinceramente, eu não esperava que ele detectasse o Windows Mail. Mas me surpreendeu o Outlook do Office e o Windows Live Mail detectarem normalmente o Windows Mail e realizarem a migração automaticamente. Tive de adicionar as contas manualmente, porém, com a ajuda do Assistente de contas (que realizou todas as configurações do servidor sozinho), o trabalho foi muito mais fácil.

Migrando Mensagens do Windows Mail (opcional para contas IMAP)

Como comentado anteriormente, o eM Client não detectou o Windows Mail, mas detectou o Windows Live Mail. Caso eu tivesse optado por migrar o Windows Mail para o Windows Live Mail, a migração ocorreria de forma automática. Porém, meu pai possuía mais de 7 GB, e migrá-la para o Windows Live Mail como um intermediário levaria muuuito tempo! Por isso, decidi realizar a migração das Pastas locais do Windows Mail manualmente.

Em Contas IMAP, nenhuma mensagem é baixada para o nosso computador, o cliente de e-mail somente exibe as mensagens do servidor. Toda a organização de pastas, lixeira, etc. é realizada no servidor, não localmente. Por isso, não é necessário realizar a migração de mensagens de contas IMAP. Mas contas POP3 são baixadas e armazenadas localmente no nosso computador (sendo recomendado seu uso para contas que possuem mensagens que devem ser arquivadas por anos – alguns provedores possuem uma política de apagar mensagens do servidor após X dias, e quando a mensagem é apagada do servidor, ela torna-se inacessível para sempre [mesmo que você configure seu cliente de e-mail para baixar mensagens IMAP, quando a mensagem é apagada do servidor, o cliente de e-mail também a apaga], algo que não ocorre em contas POP3).

Para importar manualmente mensagems *.eml de contas POP3 do Windows Mail para o eM Client

  1. No eM Client, habilite a exibição de Pastas locais. Ele deve habilitar automaticamente caso você tenha configurado ao menos uma conta como POP3. Mas, caso ele não tenha habilitado por algum motivo (ou você deseja mover mensagens IMAP para pastas locais e tê-las armazenadas para sempre), no topo superior esquerdo da janela, clique em Menu > Ferramentas > Configurações.
    ferramentas-config
  2. Em Geral, marque a opção Exibir pastas locais e clique em <OK> para voltar a tela anterior.
  3. Antes de iniciar a importação, crie a mesma estrutura de Pastas locais do Windows Mail no eM Client. A estrutura ou nome das pastas não precisam ser necessariamente iguais. Mas como queremos tornar a migração menos traumática possível, decidi criar a mesma estrutura de pastas para facilitar a localização das mensagens. Não é necessário criar a estrutura de subpastas – o eM Client importa e cria as subpastas do Windows Mail automaticamente.
    pastas-locais-emclient
  4. Para importar mensagens, entre em Menu > Arquivo > Importar
  5. Selecione a opção Importar de pastas com arquivos .eml e clique em Próximo.
  6. Clique em Procurar… e selecione a pasta com as mensagens do Windows Mail que você deseja importar. Por padrão, o Windows Mail salva as mensagens do usuário em %UserProfile%\AppData\Local\Microsoft\Windows Mail\Local Folders (por exemplo, C:\Users\Marcos\AppData\Local\Microsoft\Windows Mail\Local Folders).
    importar-em-client
    Em geral, as pastas com os arquivos .eml são organizados da mesma forma que são exibidos em Pastas locais no Windows Mail. Por exemplo: as mensagens da Pasta local “Coaching” do Windows Mail estará em %UserProfile%\AppData\Local\Microsoft\Windows Mail\Local Folders\Coaching por padrão. Caso ela tenha subpastas, é possível marcar a opção Incluir subpastas para o eM Client recriar a estrutura de Pastas locais do Windows Mail no eM Client (útil para Pastas locais que possuem um grande número de subpastas – evita o processo de ter de importar cada subpasta manualmente).

    Outra forma de exportar as mensagens do Windows Mail é arrastando as mensagens do programa para um diretório na Área de trabalho (ou qualquer outro local). Ao arrastar, ele copiará automaticamente todas as mensagens selecionadas no formato *.eml para o diretório selecionado, bastando apenas informar o caminho deste diretório no eM Client. Recurso útil caso você esteja tendo dificuldades ou não está encontrando as mensagens no diretório Local Folders do Windows Mail.
    Outra possibilidade é usar a informação ‘Importar’ do menu ‘Arquivo’ do Windows Mail para exportar todas as mensagens das Pastas selecionadas (para selecionar múltiplas Pastas, pressione a tecla <Ctrl>).

  7. Ao clicar em Concluir, as mensagens serão importadas automaticamente.

Migrando Contatos do Windows Mail para o Google Contatos/GMail

Um dos recursos mais interessantes do eM Client é o suporte a sincronização automática (de ambos os lados) com o Google Contacts.

Você precisa migrar os contatos do Windows Mail para o Windows Live Mail antes de migrá-los ao eM Client – o Windows Mail não suporta caracteres especiais (como acentos, cedilha) por exportar os contatos no formato ANSI, e não UTF-8. Outro detalhe importante: O Google Contatos possuí restrições quanto ao tamanho de informações de contato (128KB por contato), de número máximo de contatos (25.000) e de contatos que podem ser importados por vez (3.000). Não exporte os contatos em formato *.csv – tanto o eM Client, tanto o Google Contacts, não importaram alguns contatos dos arquivos *.csv. Após passar uma tarde tentando descobrir o por quê de alguns contatos não estarem sendo importados, ao importá-los em formato *.vcf (vCard), o eM Client importou todos os contatos normalmente.

A Google possuí um localizador de arquivos duplicados muito interessante, que permite mesclar contatos com informações repetidas (como dois contatos que possuem o mesmo e-mail).

encontrar-copias-contatos-google

Você pode encontrar cópias de contatos e mesclar contatos no eM Client à partir do Menu > Ferramentas > Eliminador de duplicadas (apesar do nome, ele permite mesclar contatos que possuem mesmo e-mail).

Não é possível exportar categorias (Windows Live Mail) ou grupos de contatos (Windows Mail) para o Outlook do Office ou eM Client. É necessário popular os grupos manualmente.

Migrando Regras de mensagens do Windows Mail

O processo de migração de regras de mensagens do Windows Mail para o eM Client é totalmente manual.

Menu > Ferramentas > Regras.

Migrando demais configurações (Assinaturas, etc)

Demais configurações do Windows Mail (como Assinaturas) devem ser reconfiguradas manualmente no eM Client.

  1. No topo superior esquerdo da janela do eM Client, clique em Menu > Ferramentas > Configurações.
    ferramentas-config
  2. Em E-mail, procure por Modelos e Assinaturas.

 

Backup do eM Client

O eM Client possui funcionalidade nativa de backup, permitindo agendar backups automáticos à partir da própria interface do programa.

  1. No topo superior esquerdo da janela do eM Client, clique em Menu > Ferramentas > Configurações.
    ferramentas-config
  2. No painel direito, clique em Backup.

Migrando configurações para outros computadores

Você pode migrar a configuração, e-mails e contatos do eM Client para outros computadores copiando o diretório  %AppData%\eM Client (por exemplo: C:\Users\Marcos\AppData\Roaming\eM Client).

Você pode realizar o backup de contatos somente copiando os arquivos contact_*.dat.

O arquivo de configurações do eM Client nada mais é do que um arquivo de banco de dados do SQLite. Você pode usar o DB Browser for SQLite para consultar configurações individuais ou o SQLite ODBC Driver para consultar/automatizar a configuração de parâmetros do eM Client à partir de script.

2 comentários em “Migrando do Windows Mail para eM Client

    1. Bom dia, Cesar
      Em teoria, o eM Client é limitado a 140 Terabytes de tamanho (limitação do SQLite). Na prática, o eM Client é limitado pelo espaço que você tem em disco (https://support.emclient.com/index.php?/Knowledgebase/Article/View/169/6/what-size-capacity-does-em-client-have).
      Meu pai possuía mais de 20.000 contatos e e-mails armazenados desde os anos 2000 e o eM Client absorveu bem esta quantidade de dados. Mas migramos para o Outlook 2016 um tempo depois, devido a sincronização de contas POP ter quebrado após uma atualização do eM Client e nenhuma solução foi dada nos fóruns (apesar de diversas pessoas estarem passando por situação parecida). O Outlook 2016 também tem um diferencial: permite a sincronização de regras de e-mail com contas Hotmail, de forma as regras de e-mail aplicadas no Outlook também sejam aplicadas na interface web do Hotmail. Outra vantagem evidente é o backup automático de regras que esta integração possui. Apesar do Outlook não possuir integração com o Google Contacts nativa, ele sincroniza os contatos com o Hotmail. Meu pai também possuí um notebook e muitas contas POP, e a sincronização das pastas POP entre os dois computadores no Outlook foi possível no Outlook através do CodeTwo Outlook Sync (https://www.codetwo.com/outlook-sync/).

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.