Como remover imagens personalizadas da tela de bloqueio e da conta de usuário do Windows 8/10

Ao realizar a venda de um tablet híbrido da Positivo com Windows 8, precisava remover arquivos e configurações pessoais do computador, como a imagem da tela de bloqueio e da conta de usuário; porém, o Windows não permite remover a lista de imagens selecionadas recentemente, tanto na tela de bloqueio quanto nas configurações da conta de usuário.

Para removermos imagens personalizadas da tela de bloqueio e da conta de usuário, precisamos removê-las manualmente do sistema.  Para removê-las, você precisará usar um programa chamado Unlocker (ele permite remover arquivos protegidos do sistema). Ao instalá-lo, cuidado para desmarcar a opção da Delta toolbar. Após instalá-lo, localize a imagem que você deseja excluir, dê botão direito e selecione a opção Unlocker.

Tela de bloqueio

windows-8-lockscreen-weather

Tela de bloqueio

No Windows 8, 8.1 e 10 existem duas telas de bloqueio. (4)

  • A tela de bloqueio do usuário é exibida quando o usuário bloqueia o PC enquanto está logado no Windows, ou quando o usuário é selecionado na tela de logon, o tempo expira, e o PC retorna para a tela de bloqueio. Cada usuário pode alterar seu plano de fundo para uma imagem de sua escolha.
  • A imagem da tela de bloqueio padrão é aquela exibida quando não há nenhum usuário logado ou selecionado atualmente no Windows.

Se você estiver usando uma conta Microsoft e possuí a configuração Configurações habilitada para sincronização, então a imagem de plano de fundo da tela de bloqueio também será exibida em qualquer PC que você entrar com a mesma conta Microsoft. (4)

Para excluir imagens customizadas da tela de bloqueio adicionadas em “Configurações do PC > PC e Dispositivos > Tela de bloqueio” para exibir somente as imagens padrões da tela de bloqueio, delete as imagens de plano de fundo usadas pela tela de bloqueio no diretório abaixo. (4)

C:\ProgramData\Microsoft\Windows\SystemData\S-1-5-21...\ReadOnly\LockScreen_(letter)

Este local é apenas um diretório temporário para exibir imagens da tela de bloqueio que você utilizou no passado. As imagens desta localização muda constantemente a medida que você altera a imagem da tela de bloqueio usando novas imagens no seu computador. (4)

As imagens padrões da tela de bloqueio podem ser encontradas no diretório Screen abaixo. (4)

C:\Windows\Web\Screen

Imagem da conta de usuário

Após você alterar sua imagem da conta (avatar) no Windows 8/10, a imagem exibida por padrão não aparecerá na lista de imagens. Para restaurar a imagem da conta padrão no Windows 8/10, você precisará realizar os passos abaixo (2):

  1. Abra as Configurações do PC
  2. Vá para Contas > Sua conta.
  3. Clique no botão Selecionar abaixo da sua imagem da conta atual.
    windows-10-user-picture-browse-button-600x492
  4. Na caixa de diálogo Abrir que aparecerá na tela, digite a seguinte localização na barra de endereços:
    C:\ProgramData\Microsoft\User Account Pictures

    Então pressione a tecla Enter windows-10-programdata-address-bar-600x491

  5. Você poderá selecionar a imagem padrão de usuários:
    windows-10-default-avatar-600x494
    windows-10-default-avatar-2-600x492
  6. A imagem de usuário atual é armazenada no diretório oculto abaixo. (3)
    C:\Users\Public\Public Account Pictures\S-1-5-21.......(GUID for user account)
  7. As imagens de conta de usuários recentes usadas para sua conta de usuário são armazenadas no diretório oculto abaixo. (3)
    C:\Users\(user-name)\AppData\Roaming\Microsoft\Windows\AccountPictures

Referências

  1. How to delete Screen Lock custom photos in windows 8. Microsoft Community.
  2. How to restore the default user picture avatar in Windows 10. Winaero.
  3. How do I remove custom images from Windows 8 lock screen. Microsoft Community.
  4. Lock Screen – Background Image – Change in Windows 8. Windows Eight Forums.

Mudando a prioridade de um processo no Windows 8

Estava convertendo um vídeo no Oxelon mas ele, diferente do Xmedia Recode, não possui suporte a mudar prioridade do processo no próprio programa. O jeito foi abrir o Gerenciador de tarefas e descobrir que, ao dar botão direito no item não aparecia a opção "Definir prioridade" como acontecia no Windows 7.

No Windows 8, precisamos abrir a aba Detalhes e nela selecionar o programa que queremos mudar a prioridade. Dê botão direito nele e selecione Definir Prioridade.

mudando-prioridade-processo-windows-8.fw

Modo de Segurança no Windows 8

O Modo de Segurança foi removido no Windows 8. A desculpa da Microsoft foi que o Windows 8 inicia tão rápido que não dava mais tempo do sistema identificar a tecla “F8” quando pressionada antes de iniciar normalmente.

Para você poder acessar o Opções avançadas de inicialização, na tela de login, mantenha pressionada a tecla <SHIFT> e, na seta ao lado do ícone de Desligar, selecione a opção Reiniciar. Caso você não tenha acesso a tela de login, reinicie o computador durante o boot.

O sistema exibirá a tela a seguir:

ambiente-de-recuperacao-do-windows-escolha-uma-opcaoSelecione a opção Solução de Problemas. Na tela seguinte, clique em Opções avançadas e selecione a opção Configurações de Inicialização.

ambiente-de-recuperacao-do-windows-opcoes-avancadasAo clicar no botão Reiniciar, o computador exibirá uma tela com opções similares a que encontramos no Windows 7 e anteriores:

windows-8-configuracoes-de-inicializacaoUse as teclas F4 ou 4 para iniciar o Windows em Modo de segurança, ou F5 ou para iniciar em Modo de segurança com Rede.


Referências

Windows 8 em Modo Seguro: Como inicializar – Baboo

Executando comandos como Administrador no Windows

Após migrar para o Windows 8, o Menu iniciar foi removido e ainda me sinto um pouco perdido neste “novo” mundo. Por conhecer alguns atalhos de teclado, não me senti tão perdido e não dependo tanto da interface Metro. Mas senti falta de um recurso que usava muito no Windows 7: Abrir o prompt de comando do Windows como Administrador direto da barra de pesquisa no Menu iniciar. Bastava digitar cmd no Menu iniciar e pressionar Enter, e magicamente o prompt de comando aparecia como Administrador. Que bruxaria é essa?

Nos Windows anteriores, quando não existia a barra de pesquisa, sempre abria o menu “Executar…” com a combinação Windows + R, no qual podemos abrir programas pelo nome. Ele ainda funciona e o prompt de comando abre normalmente, mas não há opção alguma para executá-lo como administrador, o que me impedia de usar muitos comandos (acho que sem privilégios administrativos o único comando que funciona é o dir e o cd, só pode…).

Procurando na internet, descobri algumas soluções, listadas abaixo:

Método 1: Pela interface Metro.

A primeira é abrir a interface Metro, digitar cmd na tela de início e, após achar o aplicativo, pressionar a combinação de teclas Ctrl + Shift + Enter ou dar botão direito nele e selecionar Executar como administrador na barra que aparecer abaixo. Se você está usando o Windows 7, esta combinação ainda funciona no Executar antigo, mas não no Windows 8.

Método 2: “Executar” do Gerenciador de Tarefas

Outra solução, que descobri sem querer no tempo do Windows XP, é abrir o Gerenciador de tarefas (Ctrl + Alt + DEL, Ctrl + Shift + Esc ou botão direito na barra de tarefas > Gerenciador de tarefas), e no menu Arquivo selecionar Executar nova tarefa.

Eu achei ambas soluções longas demais para simplesmente abrir o Prompt de comando. Comecei a ver que na verdade, o único programa que preciso iniciar com privilégios administrativos é o Prompt de comando. Para acessar diretórios (como  %temp%), o Executar do Windows 8 (Windows + R) dava conta do recado como antigamente. Então decidi que a melhor solução era fixa-lo na barra de tarefas do Windows, e mudar seu atalho para Executar como administrador automaticamente. Desabilitando o UAC, o prompt abre instantaneamente. Ótimo! Agora somente preciso me acostumar com isso (ainda!).

Método 3: Atalho na Barra de tarefas do Windows

Para poder criar o atalho na barra de tarefas, abra o Explorador de arquivos (antigo Windows Explorer) e entre no diretório C:Windowssystem32. Dê botão direito em cmd.exe e selecione “Enviar para > Área de trabalho (criar atalho)“.

Agora, volte para a Área de trabalho, dê botão direito no atalho e selecione Propriedades. Na aba Atalho, entre em Avançado… e selecione “Executar como administrador” e dê OK.

Se você quiser, ainda na aba Atalho, é possível usar uma Tecla de atalho. Uma tecla de atalho é uma opção disponível desde o Windows 98, que permite que você abra um programa usando um atalho de teclado iniciando com Ctrl + Alt + [Letra]. Se você usar X, por exemplo, ao pressionar Ctrl + Alt + x, o Prompt de comando será aberto como administrador. Eu não me acostumei com esta opção, e preferi deixa-lo somente na barra de tarefas.

Agora, arraste o atalho para a barra de tarefas, e ele se prenderá lá. Basta clicar nele para que o Prompt de comando abra como administrador e pronto para receber “ordens”.

Método 4: Por atalho no teclado (Créditos: Rafael Delgado Martins)

O Windows possui um menu secreto que aparece ao pressionarmos a combinação de teclas “Windows + X“, mostrando opções úteis para ter acesso aos principais recursos do computador (como as propriedades ou o gerenciador de dispositivos).

Após abrir o menu secreto, apenas pressione a tecla “a” do teclado para abrir o promtp de comando (não há a necessidade de pressionar alt, apesar do item aparecer com _ embaixo).


O Executar (Windows + R) ainda pode ser usado para abrir diretórios ou programas que não necessitam de privilégio administrativo. (Ou você pode ir no diretório do programa e repetir o processo que realizamos acima com o Prompt de comando. Diferente do Prompt, outros programas que não são do Windows não precisamos criar atalho, mas no próprio executável mudarmos os privilégios. O Windows não permite mudarmos as permissões diretamente no executável porque o CMD é um arquivo do sistema. Após mudar as permissões, basta chamar o executável pelo Executar e ele abrirá como administrador normalmente).

Instalando o .NET Framework 3.5 sem internet no Windows 8/10

wininet_137Caso você encontre problemas durante a instalação do .NET Framework, pode haver uma corrupção nos arquivos do sistema que impede a instalação de componentes opcionais e/ou atualizações do Windows. Escrevi um post que mostra passo-a-passo como reparar sua instalação do Windows usando SFC e RestoreHealth. Recentemente, a Microsoft disponibilizou a atualização KB3005628 ao Windows 8.1/Server 2012 que evita os erros 0x800F0906 e 0x800F081F durante a instalação do .NET Framework 3.5.

A Microsoft tornou o .NET Framework 3.5 (para simplificar a instalação de versões anteriores do .NET Framework, as versões 3.0 e 2.0 foram incluídas ao .NET Framework 3.5 [1][2]) um Recurso sob demanda à partir do Windows 8, ou seja, será instalado apenas se o usuário precisar dele, com o objetivo de diminuir o espaço ocupado pelo Windows após a instalação. [2] A intenção é “motivar” os desenvolvedores a migrarem suas aplicações para o .NET Framework 4.5, na esperança de aposentar as versões anteriores do .NET Framework. [2]

Isso é ótimo – se você não possui uma internet ruim. O download é de 300 MB, e terá de ser refeito caso você formate o computador ou restaure o Windows.


Adicionando o .NET Framework 3.5 a instalação do Windows

O .NET Framework 3.5 está disponível no DVD de instalação do Windows como um componente opcional. [3] Ao atualizarmos o Windows 7 para o Windows 8 e o recurso .NET Framework 3.5 está habilitado, ele é automaticamente instalado no Windows 8 para manter a compatibilidade com aplicativos. [3]

Para começarmos, insira o DVD de instalação do Windows no Drive de CD/DVD. Agora, precisamos iniciar o DISM. O DISM permite adicionarmos/removermos componentes do Windows, tanto localmente quanto no DVD de instalação do Windows.

Para adicionarmos o .NET Framework a nossa instalação do Windows limitando o acesso do DISM a internet, abra o Prompt de comando como Administrador e use o comando:

dism /online /enable-feature /featurename:NetFX3 /All /source:D:\sources\sxs

wininet_137Substitua a letra D:\ pela letra da unidade de DVD de instalação do windows. Você pode confirmar a letra da unidade em Meu computador.

Você pode adicionar o parâmetro /LimitAccess ao final do comando para impedir que o DISM conecte-se a internet para obter os arquivos de instalação.


REFERÊNCIAS

  1. Instalando o .NET Framework 3.5 no Windows 8 – http://msdn.microsoft.com/pt-br/library/vstudio/hh506443.aspx
  2. Windows 8 and .NET Framework 3.5 – Ask the Core Team – Microsoft TechNet Blogs – http://blogs.technet.com/b/askcore/archive/2012/05/14/windows-8-and-net-framework-3-5.aspx
  3. .NET Framework 4.5 is default and .NET Framework 3.5 is optional – MSDN – http://msdn.microsoft.com/en-us/library/windows/desktop/hh848079(v=vs.85).aspx
  4. Enable or Disable Windows Features Using DISM – Microsoft TechNet – http://technet.microsoft.com/pt-br/library/hh824822.aspx